segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Hackers atacam site da Comunidade Islâmica de Lisboa

Ultimamente tem-se falado muito na ligação de alguns portugueses aos Jihadistas, que têm estado no centro da guerra que, infelizmente se tem vivido na Síria.
Já são conhecidos alguns jovens que se converteram a esta forma de vida, bem como detenções aqui em portugal.
Neste domingo, um ataque de hackers tomou posse do site da Comunidade Islâmica de Lisboa, tendo deixado uma mensagem um pouco assustadora para todos nós!
img_757x426$2014_09_21_19_54_50_405769
Foi neste domingo atacado o site da Comunidade Islâmica de Lisboa (CIL), onde foi deixado um texto jihadista, que havia sido escrito no dia 17, que apela à violência, como podemos ver na imagem acima.
Na mensagem podemos ler o seguinte:
Está Na Hora!
“Está na hora meus irmãos. Está na hora de demonstrar ao mundo a força do islamismo e de combater os infiéis! O plano está traçado e preparado. Iremos tomar conta de portugal e deste povo fraco e levaremos o nosso Islão ao mais elevado patamar do desejo do Senhor!”
Depois deste ataque, o presidente da Comunidade Islâmica, Abdool Vakil, escreveu uma mensagem que posteriormente divulgou no site, e que está disponível para todos lerem:
“Não conheço ninguém da nossa Comunidade ou qualquer muçulmano residente em Portugal que possa ter esse tipo de atitude parecendo mais uma acção de um agente provocador. Estamos todos bem integrados na sociedade portuguesa e defendemos uma harmonia e respeito mútuo entre todas as religiões ‎e até promovemos frequentes diálogos entre todas elas.
Quero também frizar que o Jihad não é que tem sido falado pelos media pois a verdadeira Jihad é a que cada um de nós faz no seu interior para moldar o espírito para o bem e tornar-se uma melhor pessoa.
Lembro que todos os supostos Jihadistas portugueses mencionados nos jornais já viviam fora de Portugal há algum tempo, antes de serem aliciados por esses movimentos.
Também queria frisar que para nós, os não muçulmanos não são infiéis e os Judeus e Cristãos são irmãos num só Deus.
Friso mais uma vez que era bom que ficasse esclarecido que o que se está a passar nada tem a ver com os muçulmanos port‎ugueses e apenas traz uma ideia errada do que de facto é o Islão e não passa de uma tentativa de provocar reacções contra muçulmanos e de denegrir a imagem da sua religião.”
Tudo pode não ter passado de uma brincadeira, contudo, penso que não deve ter existido ninguém a achar piada, tendo em consideração o panorama deste tema actualmente.