quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Actualização para o Windows 7, 8 e 8.1 permite à Microsoft espiar-te como faz no Windows 10.

Recentes actualizações para o Windows 7, Windows 8/ 8.1 permitem agora à Microsoft exercer o mesmo método de captura de informações do teu computador que o Windows 10 também tem.
Muitas pessoas preferiram não instalar o Windows 10 por razões de privacidade, esperando assim estarem mais seguros contra os dados que a Microsoft recolhe da tua utilização do Windows. Mas algumas actualizações recentes do Windows 7 ao 8.1 permitem à Microsoft fazer exactamente o mesmo.
As actualizações (entre outras) são a KB3075249 e KB3080149. Mas a lista de actualizações que provavelmente espiam o teu computador, de acordo com o Hack Read, é mais extensa:
KB2876229
KB2923545
KB2970228KB3035583KB2990214KB3021917KB3068708
KB2592687KB2660075KB2506928KB2952664
KB3050265KB2726535KB2994023KB3022345
KB3022345
KB2545698
KB3065987
artigo do Hack Read tem instruções detalhadas de como remover estas actualizações.
O Hackers Portugal recomenda que caso não queiras estas actualizações, as removas do teu computador lendo o artigo já referido ou que vás ao Windows Update e “escondas” estas actualizações.

segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Saiba como evitar espionagem

Preocupado com a espionagem informática, o esloveno Emil Kozole criou o Seen, um programa composto por um conjunto de fontes de letra que revela quando uma mensagem é de provável interceção pela NSA (Agência de Segurança Nacional norte-americana). Para criar o Seen, o programador baseou-se numa lista de palavras suspeitas divulgada em 2011 pelo Departamento de Segurança Interna dos EUA. São 300 expressões, como, por exemplo, "gangues", "exercício", "explosão" ou "AK47". O criador quer iniciar "um debate no campo indefinido de linguagem versus dados" e mostrar como algumas destas palavras podem ser excessivamente ambíguas. O programa possuí três estilos de eliminação de palavras: o riscado, o sublinhado e o apagão (ver imagem em baixo). 

Se desejar instalar este programa pode fazê-lo no site do Project Seen.




As revelações do analista norte-americano da NSA Edward Snowden, atualmente em asilo político na Rússia, revelaram que operações de espionagem daquela agência são tão extensas que incluem a interceção de informações de aliados, entre os quais de governos ou chefes de Estado. 

Kaspersky acusada de injetar código malicioso para enganar rivais?

kaspersky

A Kaspersky é  conhecida pelos seus vários serviços de segurança e protecção, como é o caso de antivírus. No entanto a empresa encontra-se atualmente a ser alvo de várias acusações.

De acordo com a agência Reuters, citando dois antigos funcionários da empresa, a Kaspersky estaria a desenvolver falsos malwares há mais de 10 anos. Esta medida teria como objetivo prejudicar outras firmas com produtos antivírus no mercado.

Segundo os ex-funcionários, o processo seria relativamente simples. A empresa estaria a injectar pequenos códigos maliciosos em aplicações legitimas. Posteriormente, estas aplicações eram enviadas para agregadores de malware, como é o caso do serviço VirusTotal.

Posteriormente, quando outras empresas de segurança adicionassem o código malicioso injetado nas suas bases de dados, estas soluções de segurança iriam marcar aplicações fidedignas como sendo maliciosas, prejudicando assim a imagem dessa solução antivírus.

Esta sabotagem esteve a ser desenvolvida entre 2009 e 2013, sendo que alguns funcionários eram alocados para um destes projetos durante semanas. No entanto a prática era conhecida apenas por um grupo restrito de funcionários dentro da empresa.

Em resposta, a Kaspersky já emitiu um comunicado onde afirma que as práticas descritas nunca foram realizadas pela empresa. Esta sublinha ainda que considera as mesmas como desonestas e ilegais.

Samsung inicia produção dos chips V-NAND de 256 gigabits

vnand samsung

A Samsung revelou que iniciou a produção em massa dos novos chips V-NAND de 256 gigabits.

Estes chips poderão contar com até 32 GB de dados em cada bloco do semicondutor. De acordo com o portal TomsHardware, além de contarem com a tecnologia NAND 3D, que é capaz de duplicar o espaço disponível nas unidades SSD atuais, estes novos chips deverão contribuir para a redução geral do preço por GB dos discos SSD.

Os primeiros modelos deverão começar a ser disponibilizados no mercado dentro dos próximos meses, sendo que o objetivo da Samsung passa por ultrapassar as rivais Intel e SanDisk no mercado das memórias flash.