domingo, 5 de outubro de 2014

Windows 10 preview traz um keylogger

A Microsoft anunciou no passado dia 30 de Setembro o sucessor do Windows 8.1, que em vez de ser o Windows 9, “saltou” para o Windows 10.
Entretanto a empresa já disponibilizou publicamente uma versão preview, através do programa Microsoft’s Insider.
Mas, para quem (ainda) não leu os termos de utilização do Windows 10 preview, é importante que saiba que a Microsoft tem definidas algumas políticas “estranhas” que na prática lhe dão toda a liberdade de obter informações dos utilizadores das mais diversas formas.
keylogger_01
Apesar de todos sabermos que o software tem termos de utilização, a verdade é que raramente perdemos tempo com a leitura dessa informação. No entanto, alguns utilizadores mais cautelosos vieram alertar para as políticas de privacidade fora do normal, que a Microsoft definiu para o Windows 10 preview.
Na prática o documento criado pela Microsoft informa que a empresa poderá recolher informações dos utilizadores (nome, e-mail, preferências, pesquisas feitas, chamadas telefónicas, configurações, etc), incluindo informação que é passada por voz para o sistema.
win10_020
Se abrir um ficheiro no sistema, a Microsoft pode “recolher” informação sobre o ficheiro, a aplicação usada para abrir o ficheiro e até os caracteres digitados… estilo um autêntico keylogger
win10_019
A Microsoft deixa  explícito que toda a informação será sempre usada com o objectivo de implementar melhorias no sistema. Como sempre, os utilizadores esperam que tais informações não acabem por “cair em mãos” de terceiros…e quem não quiser ser “espiado” (no bom sentido) será que basta desactivar tal funcionalidade?
Concorda com a política de privacidade da Microsoft?


PS: Quem já testou a esta versão e não confia nas politicas de privacidade da Microsoft convém que mude todas as suas "Palavras passe" para que a Microsoft deixe de ter acesso há sua conta.