quinta-feira, 31 de julho de 2014

Evite estas 10 publicações no Facebook e provavelmente ficará a salvo de malware


A maior rede social do mundo não tem nenhum esquema de phishing, nem links que espalham malware pelos utilizadores. Mas na realidade em que vive o melhor é ter atenção no que carrega e não deixar levar-se pela curiosidade.

Imagine uma mina de ouro com 1,32 mil milhões de pepitas inocentes, prontas para serem apanhadas, mesmo que para isso seja preciso cometer algumas ilegalidades. Se lhe pareceu tentador, fique a saber que isto é o que os cibercriminosos pensam do Facebook atualmente.

Pelo grande número de utilizadores e pela baixa literacia digital de alguns, é fácil montar esquemas de engenharia social para proceder ao roubo de dados ou à instalação de programas maliciosos na máquina do utilizador.

A empresa de segurança Bitdefender revelou ao The Guardian quais foram até agora as ameaças mais populares e mais comuns no Facebook. Já sabe, se vir alguma delas, ou semelhantes, o melhor é passar ao lado.

1 – Ferramenta que ajuda a descobrir o número total de visitas e quem viu o seu perfil - 30,2%
2 – Ferramenta que ajuda a mudar a cor do Facebook – e que já circulou em Portugal, como o TeK alertou na altura - 7,38%
3 – Vídeo amador de sexo da Rihanna com o namorado.. ou qualquer outro vídeo do género - 4,76%
4 – Vê a minha atualização de perfil e podes ganhar uma T-Shirt do Facebook - 4,21%
5 – Diz adeus ao Facebook azul - 2,76%
6 – Desbloqueio e oferta de itens - 2,41%
7 – Ferramenta que ajuda a ver se algum amigo o apagou do Facebook - 2,27%
8 - Ferramenta que ajuda a saber quem são as 10 pessoas que mais visitam o seu perfil - 1,74%
9 – Ferramenta que ajuda a descobrir quem viu o seu perfil - 1,55%
10 - “Acabei de mudar o meu perfil no Facebook. É fantástico” - 1,50%

Há uma clara tendência para as ameaças que procuram explorar o lado mais curioso dos utilizadores. Para uma executiva da Bitdefender este tipo de ameaças online são muito perigosas pois funcionam como um desafio mental que carrega nos botões psicológicos que ativam um determinado tipo de reações nos utilizadores.

Mas tal como é dito no título do texto, mesmo que evite esta dezena de esquemas nada garante que está 100% seguro na rede social. Mas pelo menos vai ajudar a evitar uma grande parte dos problemas.

E não se esqueça: o Facebook não permite saber quem viu o seu perfil e as ferramentas de edição da plataforma social são mais sombrias do que apelativas. Matenha também debaixo de olho os convites de jogos que lhe são enviados.