quinta-feira, 24 de julho de 2014

Banco Central Europeu vítima de hacking

Hackers conseguiram explorar uma falha de segurança no website público do Banco Central Europeu e roubaram dados pessoais de utilizadores que se tinham registado em eventos do banco.


O Banco Central Europeu (BCE) admitiu que sofreu uma falha de segurança que conduziu ao roubo de dados pessoais, sendo que os cibercriminosos conseguiram comprometer a base de dados que está ligada ao website público do banco.
Isto significa que os hackers conseguiram aceder aos detalhes de pessoas que se tinham registado para conferências, visitas e outros eventos. Mesmo tendo sido roubados endereços de e-mail, moradas e números de telefone, o BCE refere que o seu sistema interno ou dados sensíveis para o mercado não foram comprometidos, uma vez que a base de dados atacada está fisicamente separada dos sistemas internos do banco.
O BCE adiantou igualmente que a maioria dos dados estava encriptada, embora tal não acontecesse com as informações referentes aos contactos das pessoas que se registavam no site. De acordo com a BBC, foram roubados cerca de 20 mil endereços de e-mail.
Refira-se que o crime só foi descoberto quando o BCE recebeu um mail anónimo a exigir dinheiro ao banco em troca dos dados roubados.
Como medida preventiva, a organização está a contactar as pessoas cujos dados possam ter sido comprometidos, sendo que a equipa de segurança já endereçou a vulnerabilidade responsável pela falha e a polícia alemã já iniciou uma investigação.