segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

Gmail bloqueado pelo governo chinês


Desde o início da passada sexta-feira que vários utilizadores na China relatam a impossibilidade de acederem ao serviço Gmail da Google. A empresa confirmou entretanto que a inacessibilidade é externa ao controlo desta, ou seja, terá sido aplicada pelas autoridades do pais.

Esta inacessibilidade ocorre depois de quase seis meses de instabilidade no acesso, onde o acesso nem sempre era possível. De relembrar que, além do Gmail, outros serviços da empresa também se encontram bloqueados, como é o caso do Google Maps, Drive ou Docs.

De acordo com a agência Reuters, as autoridades ainda não se pronunciaram sobre o bloqueio. No entanto, um membro do grupo anti-censura GreateFire.org revela que o bloqueio terá mesmo sido aplicado pelas autoridades, tendo sido verificado um decréscimo de trafego no serviço da Google em toda a região.

De relembrar que a China já bloqueia vários serviços online, como é o caso das redes sociais Facebook, Twitter e o Youtube.


Fonte:tugatech

domingo, 28 de dezembro de 2014

Site da Internet Systems Consortium foi atacado



dns_001Depois do ataque à  Playstation , Xbox Live e também TOR, agora foi a vez do site da Internet Systems Consortium. Segundo informações disponibilizadas no próprio site (de recurso), a organização diz acreditar que o site oficial tem malware e pede a todos os utilizadores que o visitaram recentemente para fazerem um scan as suas máquinas.
Um dos serviços/protocolos mais importante em qualquer rede é o DNS que traduz  nomes em endereços IPs e vice-versa. 
Do lado do cliente o utilizador apenas tem de indicar qual o servidor de DNS a usar. Já do lado do servidor há um conjunto de parâmetros que temos de definir.
O Internet Systems Consortium é uma organização, sem fins lucrativos, que é responsável pelo sofware Berkeley Internet Name Domain (BIND), que é usado em todo o mundo, especialmente em máquinas Linux, para resolução de nome em IP’s e vice-versa.Na sequência de um provável ataque, a organização pede a todos os utilizadores que visitaram recentemente o site, que façam um scan às sua máquinas. A informação pode ler-se no próprio site da ISC.

isc_00
Apesar de não existir ainda uma confirmação da existência de malware, o ISC disponibiliza um E-mail para que todos os utilizadores que considerem que as suas máquinas tenham sido infectadas através do site da organização.

quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

PlayStation e Xbox Live estão sob ataque que as deixaram inacessíveis

Um grupo de hackers resolveu atacar as duas redes de jogos e conteúdos associadas às duas principais consolas do mercado.
O grupo Lizard Squad está a atacar a PSN e a XBox Live e estas duas redes estão actualmente inacessíveis e os seus utilizadores estão a reportar problemas na sua utilização.
xbox_1

O ataque a estas redes, que decorre já há algumas horas, tem estado a causar problemas graves no acesso a estas duas redes, deixando-as inacessíveis e sem a possibilidade de serem usadas pelos seus normais utilizadores.
Este ataque estava já programado desde o início do mês de Dezembro, altura em que este grupo anunciou ao mundo que pretendia deitar abaixo estas redes no dia de Natal.
Tal como prometido na altura o ataque pretendia inutilizar durante algumas horas o acesso a estas redes, sem que no entanto seja conhecida a causa que os levou a tal ataque e ao desabilitar estas redes.
Cada uma das redes está a reportar o problema nas suas páginas de estado, com problemas diferentes a serem descritos.
No caso da PlayStation Network o problema parece ser geral, com a Sony a indicar que a sua rede está totalmente inacessível.

PSN:

We are aware that some users are experiencing difficulty logging into the PSN. We will update this article with any changes that occur in regards to this issue. Thank you for your patience.
No caso da XBox Live a indicação de problemas reporta que está concentrado no processo de login.

XBox Live:

Can’t sign in to Xbox Live? Don’t worry! We’re working to get everything back to normal ASAP. We appreciate your patience in the meantime, and encourage you to keep trying. Check back in 30 minutes for a status update.
Uma vez que os problemas resultam de um ataque externo, não existe qualquer previsão para a resolução deste problema e nem uma hora para que o mesmo esteja resolvido.
psn_1
É  estranho que mesmo depois de ter sido anunciado pelo grupo Lizard Squad este ataque nenhuma destas duas redes se tenha protegido e preparado para o aumento de trafego e a consequente tentativa de interrupção do serviço.
O grupo Lizard Squad ficou conhecido quando em Agosto deste ano obrigou o avião onde o presidente da Sony Online seguia a aterrar, fruto de uma ameaça de bomba.
Tanto a Sony como a Microsoft anunciaram que estão a tentar resolver este problema e que dentro de algumas horas ambos os serviços devem voltar a ficar funcionais.

quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

Samsung prepara Telemóveis com tanta RAM como os notebooks atuais

A Samsung iniciou a construção de módulos de memória RAM com oito gigabt. Num futuro próximo, o telefone pode vir a ter tanta RAM quanto um portátil. 


A Samsung anunciou o início da produção da módulos LPDDR4 com 8 Gb e construídas segundo o processo de fabrico de 20 nanómetros. Esta inovação vai permitir a construção de smartphones e dispositivos móveis rápidos com ultra alta definição, explicou Joo Sum Choi, vice-presidente da Samsung, citado pelo BGR.

Esta inovação permite ter smartphones com tanta memória quanto muitos computadores portáteis da atualidade. «Como este avanço significativo nas memórias móveis representa, vamos continuar a colaborar com os parceiros para otimizar as soluções DRAM e torna-las adequadas para os ambientes dos sistemas operativos de próxima geração», assegurou o responsável da Samsung.

Ainda não se conhecem quais os dispositivos que podem estrear os novos módulos de memória, mas estima-se que o Galaxy Note 5 seja um deles e o Galaxy S6 também se perfila como uma possibilidade. 

O Tudo Sobre Informática deseja-lhe um Feliz Natal

Olá, desejo a todos os visitantes um bom e feliz Natal cheio de saúde, mimos e carinho :)
Bom Natal

Com os melhores comprimentos
Leonardo Almeida

terça-feira, 23 de dezembro de 2014

Pirate Bay está novamente no ar

Depois de ter permanecido inacessível durante quase duas semanas, o The Pirate Bay voltou novamente a ficar ativo sobre um novo IP.

De acordo com o portal TorrentFreak, o domínio apresenta agora o vídeo de uma bandeira pirata, em conjunto com um contador. Na página é ainda possível encontrar o que aparenta ser um código ARS, embora ainda se desconheça qual a funcionalidade do mesmo, bem como um script para apresentar conteúdo publicitário (pop-ups).

Até ao momento ainda se desconhece qual será o anúncio esperado para o site. Alguns rumores apontavam para uma possível parceria entre o IsoHunt, que recentemente disponibilizou também o “The Open Bay”, mas em entrevista ao portal o site negou qualquer envolvimento com o Pirate Bay.

De relembrar que os servidores dos The Pirate Bay foram apreendidos no dia 9 de Dezembro durante uma rusga policial em Estocolmo.


Fonte:TugaTech

segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Coreia do Norte está sem Internet

coreia_00
São vários os canais de informação internacionais que estão a informar que a Coreia do Norte está sem Internet! 

Até ao momento não há qualquer informação sobre o que se está a passar ou responsabilidade de tal acontecimento, mas é sabido que desde sexta-feira a Internet naquele país tem sofrido vários cortes.
Depois dos supostos ataques da Coreia do Norte à Sony, as informações publicadas dão conta que  existe uma grande tensão em volta deste caso.
De um lado o FBI confirmou que os ataques são da responsabilidade do regime de Pyongyang, tendo Barack Obama dito que os Estados Unidos responderão proporcionalmente e que foi um erro a Sony Pictures ter suspendido o filme The Interview (que deu origem a tais ataques).
korea_04
Como se esperava, a Coreia do Norte negou tais acusações e  através do porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros da Coreia do Norte referiu que «Os Estados Unidos devem ter presente que vão ter de enfrentar graves consequências no caso de rejeitarem a proposta de uma investigação conjunta». O mesmo porta-voz sublinhou e ironizou sobre as acusações do FBI: «São uma “calúnia” e a Coreia do Norte provará a sua inocência mesmo sem recorrer a tortura, como é feito pela CIA».

Já esta Segunda-Feira, a Coreia do Norte ameaçou atacar os Estados Unidos em “todos os espaços de guerra”, incluindo obviamente no ciber-espaço. No extenso comunicado, pode ler-se que:
O exército e o povo da Coreia do Norte estão totalmente preparados para um confronto com os Estados Unidos em todos os espaços de guerra entre os quais o espaço da ciberguerra”. “A nossa dura retaliação será direcionada contra a Casa Branca, o Pentágono e todo o território dos Estados Unidos, uma latrina de terrorismo, que irá ultrapassar de longe ‘retaliação simétrica’ anunciada por Obama
korea_02
Entretanto chegam-nos várias informações que a Coreia do Norte está neste momento sem Internet. De acordo com vários sites, a Coreia do Norte tem quatro ligações à rede mundial e nenhuma delas está a funcionar.O serviço começou a ser afectado na passada Sexta-feira, mas agora o país está mesmo offline.
Entretanto há alguns cenários que se começam a analisar:


  • Coreia do Norte desligou a sua própria Internet – Alguns analistas acreditam mesmo que se trata de um esquema “bem definido”, para que o mundo pense que de facto a Coreia do Norte está a ser atacada.
  • China cortou o acesso à Coreia – A Coreia do Norte tem acesso à Internet através do operador  China Unicom
  • Alguma coisa está a interferir no tráfego de Internet da Coreia

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

IsoHunt disponibiliza versão open-source do The Pirate Bay

pirate bay

Durante a semana passada, com a indisponibilidade do site The Pirate Bay, o portal IsoHunt disponibilizou uma versão alternativa para todos os que pretendiam aceder aos conteúdos do antigo portal.

Agora, o IsoHunt volta a surgir como notícia pela divulgação de uma versão open-source do Pirate Bay.
 O “The Open Bay” permite que qualquer utilizador crie um site similar ao Pirate Bay, totalmente em open-source.

Alem dos ficheiros necessários para o site, é ainda disponibilizada a base de dados do portal, com vários dos torrents que se encontravam disponíveis no The Pirate Bay na altura do seu encerramento.

De acordo com a mensagem partilhada pelo IsoHunt, o objetivo passa por deixar de criar sites individuais para o alojamento de bases de dados, sublinhando que o futuro passa por criar uma grande base de dados com os conteúdos similares, dificultando assim o bloqueio.

Fonte:tugatech

12 milhõesem modelos diferentes de routers com problema de segurança muito grave

Marcas afectadas são Linksys, D-Link, Edimax, Huawei, TP-Link, ZTE e ZyXEL
Uma investigação agora levada a cabo veio mostrar que mais de 12 milhões de routers estão expostos a um bug de segurança muito grave que permite que qualquer atacante possa aceder a uma rede sem fios.
router_1

O problema foi detectado pela Check Point que verificou que existe um problema grave num dos softwares usados pela maioria dos fabricantes de routers que permite que qualquer atacante possa aceder à rede e controlar ou monitorizar todos os equipamentos que dela fizerem parte.
O software em causa, o RomPager, está embebido na grande maioria dos routers este software é fabricado pela empresa AllegroSoft.
As versões do RomPager anteriores à 4.34 têm um bug crítico que permite que qualquer atacante possa enviar um simples ficheiro de cookie HTTP que corrompe a memória do dispositivo e que dá acesso de admin ao equipamento.
Depois deste passo o atacante consegue ter controlo completo do dispositivo e assim alterar como quiser as definições de rede e desviar ou simplesmente escutar o tráfego dos equipamentos dentro dessa rede.
Um dos maiores problemas com este tipo de falhas de segurança é perceber quais os equipamentos que estão expostos. A maioria dos fabricantes não revela se o software RomPager está presente e caso o faça qual é a versão. 
router_2Por outro lado podem existir actualizações pontuais feitas pelo próprio fabricantes que resolvem o problema, mas que não alteram o numero de versão, levando a existência de falsos positivos.
Os investigadores da Check Point fizeram uma pesquisa aos equipamentos que estão ligados à Internet e o número de equipamentos que revelaram esta falha de segurança ultrapassou os 12 milhões, em 200 modelos diferentes de equipamentos. 
As marcas onde o problema foi detectaco foram tão diferentes com a Linksys, D-Link, Edimax, Huawei, TP-Link, ZTE e ZyXEL.
Até à data não se conhece nenhuma forma de exploração desta falha, estando para já apenas provada de forma prática e num ambiente controlado. 
A descoberta da falha de segurança do RomPager veio mais uma vez mostrar a forma simples como uma falha de segurança pode ter uma escala muito elevada e levar à queda de milhares de equipamentos.
Por outro lado será muito complexo e quase impossível garantir que todos os equipamentos ficam protegidos quando surgir uma actualização de segurança.
Para isso é necessário que os fabricantes as disponibilizem e depois que os utilizadores as apliquem, o que quase sempre não acontece.
A exploração desta falha vai muito além da simples escuta do tráfego e do roubo de dados, podendo ser explorada para infectar máquinas dentro de uma rede.
Via 
arstechnica

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Sony processada pelos funcionários que tiveram dados roubados


sony_tribunal_1

As últimas semanas da Sony não têm sido fáceis para a empresa. O roubo dos dados e as fugas de informações que têm acontecido têm mostrado que esta empresa não tem sabido lidar com este problema e que o mesmo está fora do seu controlo.
Até agora os problemas estavam a vir directamente dos hackers que lhes furtaram os dados, e que os têm estado a revelar publicamente, mas parece que o foco pode estar a virar-se para dentro da empresa.
O mais recente problema vem agora dos seus próprios funcionários, que colocaram a Sony em tribunal, por esta não ter garantido a protecção dos seus dados.
O processo que agora deu entrada no tribunal Central Distrital da Califórnia está a ser apresentado por um grupo de ex-funcionários da Sony, encabeçados por Michael Corona, e que pretendem uma indemnização por esta empresa não ter garantido as medidas de segurança necessárias para salvaguardar a sua privacidade e a dos seus dados.
Segundo a acusação, a Sony deveria ter aplicado medidas mais fortes para a protecção dos seus dados e dos seus funcionários, evitando assim que toda a sua informação pessoal tivesse sido roubada e propagada para o mundo.
É ainda afirmado que apesar de todos os alertas que foram feitos e pela experiência anterior, a Sony deveria ter protegido a sua informação de forma mais eficaz, em vez de assumir o risco e não tomar qualquer medida.
Em concreto este caso baseia-se na fuga que existir de mais de 47 mil números de contribuinte de funcionários no activo e também de ex-funcionários da Sony.
A queixa, de 45 páginas, baseia-se no furto de informação sensível e pessoal, abrange áreas como os números de segurança social, moradas de casa, números de telefone, scans de passaportes e cartões visa, avaliações e registos de saúde.
Toda esta informação foi levada pelos hackers e este furto teria sido evitado se a Sony tivesse tomado as medidas certas para se proteger e aos seus funcionários.
sony_tribunal_2
Este é só mais um problema no vasto leque de situações anormais que têm afectado a Sony nos últimos tempos. O roubo de mais de 1TB de informação da sua rede levou já à publicação da lista de filmes a serem estreados, aos próprios filmes e a toda uma vasta e completa lista de informação sobre os seus funcionários.
O ponto de entrada na rede da rede da Sony foi remendado de imediato, mas as ondas de choque ainda se fazem sentir, com novas informações a surgirem a público, algumas delas comprometedoras para a Sony.
Não vai ser uma situação simples de resolver e que provavelmente apenas o tempo a conseguirá fazer desaparecer, quando os dados furtados deixarem de fazer sentido.

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Hackers revelam 20 filmes da Sony que vão estrear até 2016 e 2017

Sony-pictures-hacked-feat-imgEstá longe o fim dos ataques a  Sony, este é sem dúvida o ataque mais feroz na história da Sony e, a comprovar isso, é a quantidade de informação que tem vindo a ser publicada.
Os hackers divulgaram uma lista de 20 filmes que a Sony irá estrear até 2017.
De acordo com a lista agora publicada pelos hackers, são vários os filmes a estrear até 2017.  
A lista de filmes foi revelada através de um e-mail e os hackers já confirmaram que se trata de informação da própria Sony
2016
  • Uncharted
  • Sinister
  • Ghostbusters
  • Angry Birds
  • Mib/jump street (2017)
  • Greyman
  • Winters knight
  • Fifth wave
  • Inferno
  • Billy Lynn
  • Baby driver
  • Little woman
2017
  • Cleopatra [Angelina Jolie com o papel principal]
  • SPIDERMAN
  • DJANGO zorro
  • Bond
  • Ghostbusters
  • Jump street
  • Monkeys
  • Girl team up
Além dos 20 títulos de filmes, há um segundo e-mail que revela também que estão previstos outros filmes, previsto como é o caso do  Hotel Transylvania, Salt, The Equalizer, Os Smurfs, entre outros.

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Pirate Bay de regresso by Isohunt

A equipa do Isohunt copiou a base de dados de torrents do Pirate Bay e criou o Old Pirate Bay.


O OldPirateBay.org é, segundo a equipada do Isohunt, o repositório da base de dados do Pirate Bay, que foi recentemente fechado pelas autoridades suecas.
Na página de abertura do novo site há um texto de homenagem ao Pirate Bay, com frases como «será lembrado como o peregrino da liberdade na Web».
O  Pirate Bay foi encerrado pela polícia sueca após diversas queixas de violação de direitos de autor. A operação levou à apreensão de computadores e as notícias apontam para a detenção de um indivíduo. 

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Lançamento do Windows 10 confirmado para Outono de 2015


win_10_lancamento_2


win_10_lancamento_1

Todas as notícias que têm surgido sobre o Windows 10 mostram que este novo sistema operativo está a ser criado de forma a dar aos utilizadores tudo o que realmente necessitam e querem.
Mas o elemento que faltava, era a data de lançamento para o público desta nova versão final do windows 10, esta informação foi agora tornada pública.

A data de lançamento do Windows 10 foi já várias vezes alvo de especulação e de previsões. Sempre apontado para 2015, sem que tenha sido apontada uma altura específica, dependerá sempre dos desenvolvimentos que forem feitos.
Mas surgiu agora uma informação dentro da própria Microsoft que veio mostrar que esta empresa tem já uma ideia muito precisa da altura que querem que o Windows 10 seja lançado de forma pública.
Um alto quadro da Microsoft acabou por revelar que a chegada do Windows 10 está pensada para a segunda metade de 2015, mais precisamente no início do Outono.
By next late summer and early fall we’ll be able to bring out this particular OS (operating system). That’s the current plan of record
As palavras de Kevin Turner, o chefe de operações da Microsoft, revelaram que é neste período é o que a Microsoft está a pensar colocar o Windows 10 no mercado, sem revelar mais que esta informação.
É natural que esta informação seja ainda vaga e sem qualquer grau de precisão, mas dá um óptimo indício do período em que a Microsoft quer colocar na rua o seu novo sistema operativo.
Lentamente, mas de forma sustentada e firme, a Microsoft tem trabalhado para tornar a nova versão do Windows muito madura e capaz de finalmente mostrar aos utilizadores que as novas interfaces deste sistema operativo têm uma razão de existir.
Pensado como sendo a primeira versão a abraçar uma abrangência grande dentro de todo o ecossistema Windows, prepara-se para ser a ser a pedra basilar de uma nova filosofia dos sistemas operativos windows.
Preparada para o final de Janeiro está uma conferência que irá trazer a todos as mais recentes novidades que têm sido desenvolvidas, mas onde se espera que surjam muitas surpresas, não apenas no Windows mas em várias outras plataformas.