terça-feira, 10 de dezembro de 2013

O Menu Iniciar pode estar de volta ao Windows em breve

Desde que foi lançado que o Windows 8 tem feito correr muita tinta. A principal razão de queixa dos utilizadores foi a remoção do Botão Iniciar e do respectivo Menu associado. Esta alteração obrigou a uma mudança dos hábitos dos utilizadores, o que não foi bem visto.
Com a chegada do Windows 8.1 a Microsoft procurou trazer de volta algumas das funcionalidades, mas ainda não foi suficiente para apaziguar os utilizadores.
Rumores agora apresentados dão conta que na próxima versão do Windows o Menu Iniciar pode estar de volta e com todas as suas funcionalidades.
menu_iniciar

A integração desta novidade deverá ser feita quando a nova versão do Windows for apresentada, noticia o siteZDNet. Segundo fontes bem informadas, a inclusão do Menu Iniciar deverá ser feita na versão “Threshold” do Windows, que deverá ver a luz do dia na primavera de 2015.
Esta versão Threshold, que a Microsoft espera ser o início do processo de unificação do Windows nas suas várias plataformas, pretende agrupar um conjunto de funcionalidades comuns e criar uma base única para os desenvolvimentos.
O Threshold deverá estar disponível em três versões, cada uma adaptada à plataforma onde irá correr. A inclusão do Menu Iniciar deverá ser feita na versão que for dedicada aos desktops, único lugar onde faz sentido ser disponibilizada.
Ao trazer de volta o Menu Iniciar para o Windows, a Microsoft volta a disponibilizar uma interface mais apropriada para os Desktops, deixando à versão específica para tablets, telefones e outros dispositivos móveis a disponibilização da interface Modern, muito mais adequada e preparada.
Mas segundo a mesma informação não será apenas o Menu Iniciar a chegar com o Threshold. Fala-se também na possibilidade de poder correr aplicações dedicadas à Modern UI directamente no Ambiente de Trabalho tradicional.
Esta funcionalidade é já possível de ter hoje em dia, mas apenas com o recurso a software específico e não oficial. Esta será a forma da Microsoft aproximar os seus dois mundos, mantendo-os em contacto e procurando dar ao utilizador a melhor experiência de utilização possível.
Ainda não é claro se as diferentes versões do Windows vão poder ser transitadas entre plataformas, podendo o utilizador escolher aquela que mais lhe agrada.
O retorno do Menu Iniciar deu-se na transição para o Windows 8.1. Depois de ter sido removido, a Microsoft tem lentamente recuperado esta funcionalidade.