segunda-feira, 25 de março de 2013

Novo Windows Blue vaza na internet

Internet Explorer 11, mais opções de personalização e uma maior integração com o SkyDrive são algumas das mudanças presentes na versão do Sistema Operativo.O Windows 8 está no mercado há apenas seis meses, mas a Microsoft já esta 
trabalhando a todo vapor produzindo seu sucessor (ou apenas uma atualização da versão atual). Prova disso é o arquivo vazado que está circulando na internet e que revela uma série de funcionalidades que devem melhorar a experiência do usuário do sistema operacional.
O arquivo intitulado Windows Blue Build 9364 foi disponibilizado em um ISO de 2,63 GB (versão de 32-bits) e está sendo chamado Windows Blue Milestone 1. A existência do arquivo é uma prova do rumor que circulou no mês passado, indicando que a Microsoft lançará um preview público do Blue em breve. De acordo com as informações, o arquivo vazou de uma parceira da Microsoft na França.

Novidades


Entre as mudanças que podem ser vistas no build, estão uma maior personalização das Live Tiles, (que poderão ocupar espaços maiores ou menores) e uma versão atualizada da visualização de aplicativos lado a lado (que deve aumentar a eficiência multitarefa).
Outro detalhe que chama a atenção é uma profunda integração com o SkyDrive, que ganhou uma opção dentro do menu de configurações. As opções mostram que agora poderemos copiar fotos e vídeos automaticamente para o serviço na nuvem, além de fazer backups do PC.
O Internet Explorer 11 também deu as caras no build. No vídeo publicado pelo site de notícias WindowsMania, não pudemos notar muita diferença com relação à versão 10, mas é claro que a Microsoft prepara novidades para não deixar o browser defasado em relação ao Chrome e ao Firefox.
No build também estão presentes novos aplicativos básicos do Windows, como a calculadora, um aplicativo de alarme e um gravador de som, todos eles feitos para a nova interface. A tela inicial também recebeu um update e ganhou novas opções de customização.


O que é o Windows Blue?


O Windows Blue deve marcar uma nova fase para a Microsoft. Em vez de lançamentos espaçados do sistema operacional, a empresa liberaria atualizações anuais do SO, da mesma forma que ocorre com o iOS, OSX e o Android, por exemplo.
A intenção da Microsoft é tornar o Windows mais competitivo com as plataformas rivais da Apple e da Google. As atualizações seriam oferecidas por um valor mais baixo do que o modelo atual, até porque seriam disponibilizadas com maior frequência.
Com a mudança de filosofia, a empresa deve unir o ciclo de atualizações do Windows Phone, Windows 8, Windows Sevices e Windows RT.


domingo, 3 de março de 2013

Windows 9 pode ser lançado em Novembro de 2014


O Windows 8 foi lançado no final do passado ano e tem subido nas tabelas de vendas de forma sustentada, ultrapassando já algumas das versões anteriores do Windows.

O seu sucesso é uma realidade, apesar das primeiras reacções dos utilizadores à mudança da interface e a algumas mudanças no Windows 8.

Mas com o Windows 8 agora a começar a cimentar a sua posição começa-se já a ler noticias e rumores de que a nova versão do Windows poderá chegar já no final do próximo ano!
windows_9_2

Ainda não se sabe muito dos planos da Microsoft para o sucessor do Windows 8, mas muitas noticias deram conta que existe a vontade por parta da empresa de Redmond de reduzir os tempos de desenvolvimento e de lançamento entre as versões do Windows.
De nome Windows Blue, falou-se que iria revolucionar e alterar de sobremaneira os tempos de lançamento das novas versões, transpondo para o Windows os ciclos de desenvolvimento mais curtos e com menores funcionalidades entre lançamentos, tal como está a ser feito por parte de outras empresas noutros softwares.
Estas versões poderiam substituir os Service Packs que costumam ser disponibilizados para colmatar falhas e problemas detectados, ao mesmo tempo que trariam para as novas versões funcionalidades que fossem sendo terminadas e que pudesse vir a público.
Fala-se também que essas actualizações vão ter um preço muito inferior ao que é praticado para um novo sistema operativo, podendo inclusive ser gratuitas, na forma de actualizações.
Mas como a Microsoft não pára os desenvolvimentos do seu sistema operativo começam agora a surgir as primeiras imagens do que poderá ser o sucessor do Windows 8, o Windows 9, ou a primeira versão do Windows Blue.
O primeiro a apresentar essas imagens foi o site Win8China, que apresentou várias com a nova versão do Kernel que irá acompanhar a nova versão do Windows. Foi também esse site que apresentou as primeiras imagens do Internet Explorer 11.
Novidades desta nova versão do Windows:
  • Ausencia de alterações na interface. Isto significa que o Menu Inicial não vai voltar
  • Menor consumo de energia
  • Melhor performance, graças a um kernel menor
  • Melhoria nas aplicações Metro
  • Suporte para aplicações Metro em modo de vários monitores
windows_9_3
Mas a informação sobre a nova versão do Windows não se fica apenas por imagens ou novidades. Um fórum Russo apresentou já datas concretas para o lançamento desta nova versão.
Segundo o fórum Soft Forum & WZorNet a apresentação das diferentes versões de testes e a apresentação da nova versão do Windows vai seguir o seguinte calendário:
  • 7 de Janeiro de 2014: Windows 9 Beta
  • Julho de 2014: Windows 9 Release Candidate
  • Outubro de 2014: Windows 9 RTM
  • Novembro de 2014: Windows 9 Release
Quer estas noticias não passem de apenas rumores ou quer seja o Windows 9 ou o Windows Blue, a verdade é que a Microsoft está de certeza a trabalhar na próxima versão do Windows e de certeza que em breve surgirão novidades sobre as novas versões.
É no entanto estranho que depois de um lançamento tão recente comecem já a surgir novidades tão firmes sobre novos sistemas operativos. A única situação que levou ao acelerar do desenvolvimento de uma nova versão foi aquando do lançamento do Windows Vista e do fiasco associado. O resultado foi um dos melhores sistemas operativos da Microsoft, o Windows 7.
Estas novidades parecem mostrar que o Windows Blue pode ser uma realidade e que estes desenvolvimentos podem ser os primeiros trabalhos nesse sentido.
Homepage: Windows